Dia Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele supera expectativas em BH

Evento na capital mineira já entrou para o calendário da saúde e os números impressionam

Belo Horizonte, sábado, 02 de dezembro de 2017, 9 horas da manhã. O dia amanhece escuro. As previsões de chuva se confirmaram desde cedo, mesmo assim duas grandes filas se formaram na região hospilar da cidade. Foi o início do Dezembro Laranja, com o Dia Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele, quando ocorreram atendimentos preventivos gratuitos da população no Centro de Especialidades Médicas da Santa Casa de Belo Horizonte, e no Ambulatório de Dermatologia do Hospital das Clínicas da UFMG. Quase duas mil pessoas foram atendidas, 1129 na Santa Casa e 800 no Hospital das Clínicas. O número de biópsias de lesões suspeitas de cânceres de pele chegou a 150.

O aposentado Luiz Lopes, de Mutum, na Zona da Mata, ficou sabendo da Campanha pela imprensa e resolveu comparecer para verificar uma lesão no rosto. O fato de ter se dedicado ao trabalho rural, sem proteção contra o sol, fez com que Luiz desenvolvesse várias lesões cancerígenas pelo corpo. A mesma história aconteceu com Maria Augusta Gomes, de Entre Rios de Minas, na região central de Minas Gerais. O dia-a-dia no campo, sem protetor solar, chapéu ou mangas compridas fez ela se acostumar com a detecção de lesões malignas na pele. Os dois tiveram as lesões tratadas na Santa Casa.

No Hospital das Clínicas, a manicure aposentada Alvinda Maria de Jesus aguardava na fila desde às 6h da manhã para ser atendida. Preocupada com umas manchas pelo corpo, ela aproveitou a campanha para olhar com um especialista da SBD. Já a artesã Maria do Rosário Martins viveu a vida inteira perto do mar, tomando sol sem proteção. Também chegou cedo para enfrentar a fila e verificar se suas pintas e manchas poderiam ser algum câncer da pele.

Criada em 1999, a Campanha organizada pela SBD já atendeu mais de 500 mil pessoas desde então. Em Minas Gerais foram onze postos de atendimento em nove cidades e os eventos lançaram o Dezembro Laranja em todo o estado.

Para a coordenadora da Campanha em Minas Gerais e membro da diretoriea da SBD-MG, a dermatologista Michelle dos Santos Diniz, a campanha desse ano se consolida como um dos eventos mais importantes no calendário da saúde no estado e finaliza agradecendo a participação dos colegas dermatologistas de Minas Gerais que doaram um pouco do seu tempo em favor do atendimento da população e identificação e tratamento do câncer de pele.